Palestra: «Comunicação Assertiva»

Palestra «Comunicação Assertiva» no âmbito do Projeto de Liderança e Valorização Pessoal do CM.

No âmbito do Projeto de Liderança e Valorização Pessoal (PLVP) realizou-se, no passado dia 18 de janeiro de 2019, a primeira de duas partes da palestra: “Comunicação Assertiva”, proferida pelo Ex.mo Senhor Tenente-Coronel João Baptista, Coordenador do Gabinete de Psicologia do Colégio Militar.

O Dr. Rui Farinha, na qualidade de Coordenador do PLVP, procedeu ao enquadramento da atividade, que surge no âmbito do Módulo II (dedicado, tal como previsto na planificação anual, à Comunicação). Seguiu-se a apresentação do orador, que foi relativamente sumária uma vez que o trabalho que o senhor Tenente-Coronel Baptista vem desenvolvendo com os alunos, nos mais variados domínios, é sobejamente conhecido.

A credibilidade de um bom líder não é conquistada por uma influência baseada no temor ou que é imposta. Pelo contrário, é conquistada pela confiança que os liderados depositam no seu líder. Quem é assertivo tem mais credibilidade e é mais respeitado. A comunicação assertiva pode ser caracterizada por se ir direto ao ponto, por se transmitir ideias, afirmações e expressar opiniões sem adotar uma postura agressiva ou evasiva.

A «conversa» com os alunos assentou, então, numa dinâmica interativa/participativa, que logo os cativou, conduziu a reflexões sobre situações quotidianas e permitiu clarificar diversos conceitos relacionados com a comunicação em geral, a assertividade e a comunicação assertiva. Esta, resolve muitos problemas imediatos, minimizando as probabilidades de problemas futuros, mas não serve para todas as situações e não é garantia da qualidade do relacionamento entre líder e liderados, tal como foi referido por alguns dos alunos que intervieram.

Todos os alunos saíram com duas tarefas para realizar em casa, a serem apresentadas na segunda sessão. Nesta abordar-se-ão novas temáticas, nomeadamente as vantagens da assertividade; técnicas e comportamentos assertivos; tipos de assertividade; comportamentos não assertivos e a prática quotidiana da assertividade.

A assertividade não só facilita a expressão clara e objetiva de desejos, ideias e sentimentos como também engloba os desejos do outro. As equipas sentem-se confortáveis ao concordar e ao discordar, sem que isso provoque inimizades, e sentem-se livres para apresentar ideias e escolhas sem perder de vista os objetivos comuns a atingir. Os problemas são discutidos até se encontrarem soluções que atendam aos interesses de todos os envolvidos. Diante de um erro, procura-se a causa e a solução ao invés de procurar o culpado, dando retorno aos liderados e lidando com os conflitos como algo natural e construtivo. Dessa forma, reduzem-se as tensões entre as pessoas e acelera-se a solução de problemas.

Aguarda-se, com expectativa, a segunda parte desta palestra, em que os alunos do décimo ano, como tem sido apanágio de todas as atividades realizadas no âmbito do PLVP até ao momento, são os elementos ativos e durante a qual apresentarão os seus trabalhos e reflexões.