, ,

Armar Cavaleiro – 2019

No passado dia 29 de novembro teve lugar, no Claustro do Colégio Militar uma das tradições mais emblemáticas, “Armar Cavaleiro” onde os novos alunos “ratas” são armados cavaleiros reproduzindo a história da Condessa de Atouguia, D. Filipa de Vilhena, que ao ter conhecimento antecipado da revolução de 01 de dezembro de 1640, incentiva os seus filhos, Jerónimo de Ataíde e Francisco Coutinho a aderir. Como tal arma-os cavaleiro e dizendo-lhes que não voltassem, se não vitoriosos.
Atualmente, inspiramo-nos neste ato patriótico e celebramos a honra que marca um Menino da Luz. ser armado cavaleiro e ser fiel depositário de uma responsabilidade eterna.
Ser reconhecido como defensor do grande valor que marca os verdadeiros Homens e Mulheres. Como um sábio disse em tempos, “Morra o Homem, fique a honra”…

print